Renan Calheiro, alvo de 13 inquéritos no Supremo Tribunal Federal — dos quais oito dizem respeito à Lava Jato —, usou o Twitter para atacar Sérgio Moro e procuradores(em especial, o procurador Deltan Dallagnol).

Segundo Renan Calheiros, as mensagens do The Intercept comprovam que Sérgio Moro e alguns procuradores, como Deltan Dallagnol, são fora da lei.

    Palavras do General Heleno sobre essa inversão de valores

“Dirijo-me aos brasileiros e brasileiras de bem. O depoimento do Min Sérgio Moro, ontem, 19 Jun, no Congresso Nacional, foi mais um triste capítulo da História do Brasil. Governado, por mais de vinte anos por uma verdadeira quadrilha, o País foi vítima de um gigantesco desvio de recursos, que envolveu grandes empresas privadas e estatais; fundos de pensão ; governantes e políticos (em todos os níveis). Alguns protagonistas desse criminoso projeto de poder e enriquecimento ilícito participaram, com a cara mais lavada do mundo, dessa inquisição ao Min Sérgio Moro. Uma total inversão de valores colocou um herói nacional, que decidiu enfrentar essa máfia, colocar na cadeia os marginais e recuperar boa parte do que foi subtraído de todos nós, frente a frente com indiciados e condenados pela Lava Jato. O brilhante desempenho do Ministro, colocando seus pretensos detratores no devido lugar, fortaleceu a certeza de que um novo Brasil está surgindo. Uma das metas do governo Bolsonaro é resgatar, pelo exemplo, os valores básicos da cidadania. Estamos juntos, brasileiros e brasileiras de bem. Não esmoreçam. Força, coragem e fé. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos.”