Na noite desta última quarta-feira(19), na cidade de Manaus-AM, um Sargento da PM(Polícia Militar), de nome Luís Carlos da Silva Castro, foi executado por criminosos após tentarem roubar sua arma em frente à loja TV Lar, local que ele trabalhava como vigilante.

Esse crime bárbaro chocou o Brasil pelo nível de frieza e crueldade dos criminosos. O Stg Luiz Carlos da Silva Castro, de 56 anos, foi alvejado por 10 tiros, sendo 8 nas costas.

                                     Absurdo!

Após prisão, pouco tempo depois, três dos quarto envolvidos na morte do Sargento foram soltos durante audiência de custódia. Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça do Amazonas, a juíza alegou durante a audiência de custódia  que os três marginais foram soltos porque não foram pegos em flagrante.

         Momento em que os criminosos saem pela porta da frente de delegacia