Após o adiamento do julgamento do pedido da HC da defesa de Lula, será de responsabilidade da ministra Cármen Lúcia, presidente da segunda turma, agendar o dia do novo julgamento do encarcerado Lula, que pede a suspeição do ex-magistrado Sérgio Moro.

Segundo o jornal O Globo, “alguns ministros temem que ela demore a marcar o julgamento, como uma maneira de proteger a Lava Jato”.

Protegende a Lava Jato, consequentemente, a ministra ajuda a proteger o nosso país.

Com a informação: O Antagonista