Após dura da Chanceler alemã sobre a nova política do governo brasileiro em relação à Amazônia, o Presidente do Brasil fez questão de responder à altura: 

“Nós temos exemplo para dar para a Alemanha sobre meio ambiente, a indústria deles continua sendo fóssil, em grande parte de carvão e a nossa não. Então eles têm a aprender muito conosco.”

“O presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores, que vieram aqui para ser advertidos por outros países, não. A situação aqui é de respeito para com o Brasil. Não aceitaremos tratamento no passado como alguns chefes de estado tiveram aqui.”

 Não podemos tolerar que demais países deem pitaco naquilo que é nosso. Os europeus — principalmente alemães, ingleses e franceses —, que não conseguiram preservar 20% de suas florestas, não têm o direito de dizer para nós brasileiros o que podemos ou não fazer com a Amazônia. Ela é nossa!