Luiz Antonio Bonat, o juiz federal que substitui o ministro Sergio Moro à frente da Lava Jato em Curitiba, está pronto para proferir sua sentença no caso em que o encarcerado Lula é acusado de receber mais de 12 milhões de reais em propina da Odebrecht.

A quantia milinária se deu através de um imóvel para alocar o Instituto Lula e também um apartamento próximo à residência do ex-presidente na cidade de São Bernardo do Campo.

Com a informação: O Antagonista