Durante a ida de Glenn Greenwald, do site The Intercept, para discussão no Senado Federal, sobre as supostas troca de mensagens hackeadas do ministro da justiça Sergio Moro e de integrantes da Lava Jato, o parlamentar Marcos do Val fez perguntas importantes e emparedou Greenwald.

Além de afirmar que o ataque não foi feito por amadores, o senador expôs o arquivamento de denúncia contra Deltan Dallagnol.

“Se é verídico, tal como o senhor afirma, por que esse material não foi periciado?”, perguntou.

Na ocasião, ele ainda questionou a ação de grupos partidários investindo na atividade hacker para manchar o prestígio e a credibilidade de Moro e do Governo do presidente Jair Bolsonaro, além de desmentir declarações de Greenwald sobre o ministro.