O deputado federal Túlio Gadelha (PDT – PE), mais conhecido apenas como “namorado da Fátima Bernardes”, na noite da última quarta-feira (10), entrou com ações contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Ele argumenta maculação dos fundamentos constitucionais da administração pública. Ademais, o parlamentar ainda entrou com um mandado de segurança com solicitação de liminar contra o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pela liberação de fundos públicos para aprovação da PEC 06/2019 (Reforma da Previdência).

Com a informação: Blog Metropolitano