No decorrer do pronunciamento feito em Manaus, o mandatário Jair Bolsonaro expôs uma informação originária de um documento secreto. Segundo Bolsonaro, o Brasil e a Petrobras foram “saqueados” e “assaltados” de muitas formas.

“Nós temos uma área riquíssima para potássio. Quando era deputado, não poderia falar porque eram confidenciais as informações que eu obtive. Como presidente, como agora sou dono desse carimbo, eu posso falar”, disse.

E acrescentou

“A Petrobras não foi apenas assaltada de uma forma ou de outra. O direito à exclusividade para explorar potássio na foz do Rio Madeira foi vendida a uma empresa canadense em 2008. Vocês sabem quem era o presidente nessa época. Esse documento confidencial está comigo. (…) Depois, outras coisas aconteceram e conseguimos recuperar isso”, afirmou.

“O Brasil foi vendido até dessa forma. A exclusividade de explorar para empresas estrangeiras – em documentos secretos“, finalizou