Após o anuncio feito pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC)  do bloqueio de 348,4 milhões de reais que seriam usados na produção, aquisição, distribuição de livros e de materiais didáticos e pedagógicos da Educação Básica, partidos de oposição anunciaram que farão uma ‘paralisação geral’ no dia 13.

“Bolsonaro e Weintraub querem tirar a responsabilidade do Estado em investir na educação. Só neste ano, o orçamento do MEC teve um corte de mais de R$ 6 bilhões. Triste um país que não vê a educação como prioridade. #Dia13ÉRua, é lá que a gente se encontra.” escreveu a petista Gleisi Hoffmann em seu Twitter