Na última quarta-feira (04), o jornalista Fabio Pannunzio, que até então era âncora de um telejornal na TV Bandeirantes, anunciou sua saída da emissora.

Fabio, que já teceu inúmeras críticas ao presidente Jair Bolsonaro através de seu Twitter, há pouco tempo se envolveu em uma discussão com um assessor do mandatário. Por consequência deste fato, surgiu um boato de que Fabio estaria saindo da emissora por influencia do governo federal.

Em sua rede social, o jornalista esclareceu e negou que o motivo seja esse.

 Gente, sinto muito decepcioná-los, mas a minha demissão da Band estava definida há cerca de um mês. Esse @fabiowoficial jamais teria força para provocar minha demissão. Ao contrário. Os tuítes que ele enviava para os meus chefes eram motivo de chacota na redação – escreveu Pannunzio.

Fabio Wajngarten, assessor do presidente que fez uma postagem onde iniciou a discussão entre ele e o jornalista, na última terça-feira (2) colocando em cheque a confiabilidade da última pesquisa realizada Datafolha por fazer parte de um grupo de comunicação, o mesmo do jornal Folha de São Paulo. O ex-apresentador responde a postagem, e foi desafiado a indagar aos seus superiores da TV Band se eles confirmavam isso. O jornalista respondeu dizendo “Pode ir limpando as gavetas” e dois dias após, anunciou que deixaria a emissora.