Após o episódio em que o youtuber Felipe Neto distribuiu livros de temática LGBT na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, o deputado federal Túlio Gadelha, mais conhecido como ‘namorado da Fátima Bernardes’, fez um convite ao produtor de vídeo para depor na CPI das fake news.

A intenção do namorado da apresentadora global é que Felipe dê seu depoimento à cerca das fake news que, segundo o youtube, foram proferidas contra sua pessoa, após sua atitude sobre a distribuição dos livros.

A reação ao feito de Felipe, no último final de semana, dividiu grande parte dos internautas. No domingo, a hashtag “Pais Contra Felipe Neto” figurou em primeiro lugar dos assuntos mais falados do Twitter. A deputada Carla Zambelli, do PSL de São Paulo, não poupou críticas ao youtuber, publicando inclusive um vídeo antigo onde mostra Felipe tratando de maneira diferente os LGBTs da maneira em que os trata nos dias recentes.