Nesta sexta-feira, após vir a público uma matéria sobre a esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro, tanto o próprio deputado quanto o presidente foram até às redes sociais para comentar e repudiar o episódio.

“Minha esposa foi enganada por um mau caráter que se diz jornalista da Época/Globo, João Paulo Saconi, que usou da sua boa fé e profissionalismo para manipulá-la e fabricar matéria com o único intuito de assassinar a reputação da família do Presidente” escreveu Eduardo, em sua rede social

Após Eduardo falar à cerca do assunto, seu pai, o presidente Jair Bolsonaro também comentou.

“- IMPRENSA SEM LIMITES.

– Sem se identificar, o jornalista João Paulo Saconi, da revista Época (grupo Globo), se passou por gay e fez 5 sessões com minha nora Heloísa (psicóloga, esposa do Eduardo) e gravou tudo.
– Assuntos sugeridos por ele nas sessões, como religião e política, tomaram grande parte das sessões.
– A conversa que deveria ficar apenas entre os dois, por questão de ética, agora vem a público.” escreveu o presidente

A imprensa não cansará enquanto não destruir a reputação do presidente Bolsonaro e das pessoas que o cercam.