Após a internet repercutir uma frase dita ao vivo pelo apresentador José Luiz Datena, que de acordo com alguns internautas, dava à entender que ele estava “lamentando” pelo hospital onde encontra-se internado o presidente Jair Bolsonaro não ter pego fogo, no programa seguinte, o jornalista se retratou e esclareceu toda a polêmica.

Em seu programa no último sábado (14), Datena esclareceu o episódio e afirmou gostar do presidente Bolsonaro.

“Vou deixar uma coisa bem clara aqui pra vocês: Eu gosto do presidente Jair Bolsonaro. Eu gosto do Bolsonaro. Pronto e acabou. Simples assim. Eu gosto do Bolsonaro. Já falei três vezes, como falei aqui outro dia: O que tem de gente que torce para que eu morra, todos os dias, a mesma coisa tem gente que torce pro Jair Bolsonaro morrer também.”

Datena também perdeu a paciência com os que disseram que ele estaria desejando a morte do presidente da República.

“Isso é uma palhaçada, uma mentira, uma canalhice. Eu desejo morte de muitas poucas pessoas, jamais desejaria a morte do presidente da República, mesmo porque eu gosto dele, repito.”

Na última sexta-feira (13), quando Datena causou polêmica com sua frase, o assunto foi parar nos mais comentados das redes sociais. Por um lado, pessoas que repudiavam a fala do apresentador, de outro, quem via com estranheza, visto que Datena já demonstrou em outros momentos gostar do presidente.

Publiée par Datena sur Samedi 14 septembre 2019