O empresário e influenciador digital, Luciano Hang, donos das lojas Havan, foi condenado pela justiça eleitoral por fazer vídeos em apoio a Bolsonaro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entendeu que Hang fez propaganda irregular antes do início das eleições do ano passado. A causa foi por consequência de um vídeo feito no interior de uma de suas lojas Havan, em que o empresário pede o apoio das pessoas presentes ao então candidato Jair Bolsonaro. Luciano terá que pagar uma multa no valor de dois mil reais.

A ação foi movida pela coligação “Para Unir o Brasil”, do ex-candidato derrotado Geraldo Alckmin, do PSDB.