O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, condenou veemente o Socialismo perante a Assembléia Geral da ONU. 

  Em discurso impactante, o Presidente destacou a luta do povo brasileiro contra o Socialismo, a infiltração de agentes cubanos nos países da América Latina e a destruição da Venezuela por esse mal ideológico.