O Governador de São Paulo, João Dória, não gostou nenhum pouquinho do discurso do Presidente Bolsonaro na ONU. Segundo ele, o Presidente foi “inoportuno e inadequado”. 

“Primeiro, inadequado. Segundo, inoportuno. Terceiro, sem referências que pudessem trazer respeitabilidade e confiança ao Brasil no plano ambiental, no plano econômico e no plano político. Quarto, péssima repercussão internacional. O mundo inteiro está repercutindo pessimamente a intervenção do Presidente na Assembleia Geral das Nações Unidas — afirmou João Dória.”

  Seria bom que alguém avisasse ao Governador que inoportuno é usar dinheiro público para comprar jatinho particular.