Após começarem a aparecer noticias na grande mídia de que os Estados Unidos não mais apoiariam a entrada do Brasil na OCDE, o vereador carioca e filho do presidente da República, Carlos Bolsonaro, comentou à cerca do assunto e disse que a notícia é falsa.

“Os EUA não retiraram o apoio à entrada do Brasil na OCDE. Parte da mídia, inimiga dos interesses nacionais, não está noticiando fatos, mas externando seus desejos de ver o fracasso do Brasil, já que isso contribui para a volta do antigo modelo de prostituição da informação” afirmou o vereador

Carlos ainda disse que irá esperar a retratação “dos mesmos que estão mentindo à respeito dos EUA” não apoiarem mais o Brasil. Também de acordo o vereador, os americanos querem a entrada da Romênia e da Argentina antes do Brasil.

“Fiquemos atentos e aguardemos pacientemente o momento de cobrar retratações dos mesmos que estão mentindo sobre os EUA terem deixado de apoiar a entrada do Brasil na OCDE, embora saibamos que será em vão. Só é fake news se for cidadão comum desprotegido defendendo o que acredita. Embora não seja verdade e tudo esteja caminhando como esperado para o bem dos brasileiros, é interessante imaginar que motivos alguém teria para comemorar uma derrota do Brasil neste sentido onde todo mundo perderia. Não é difícil entender o jogo de alguns! Seguimos tranquilos!” – escreveu o segundo filho mais velho do presidente