O derramamento de óleo no nordeste causou revolta nos brasileiros nas últimas semanas. Enquanto veículos de comunicação da grande mídia e a esquerda correm para culpar Bolsonaro pelo episódio, a Marinha e o próprio presidente da República, com serenidade, investigam o caso para encontrar os responsáveis por esse desastre.

O renomado jornalista Boris Casoy, da Rede TV, ironizou o sumiço de algumas entidades que pareciam estar tão preocupadas com a saúde da Amazônia, mas até agora não deram as caras para falar à cerca deste assunto.

“Apenas uma perguntinha: Por que a ONU, o Papa, a França e as ONGs – essas ONGs que tanto se preocupam com o ambiente, e se preocupam com a Amazônia – ainda não se manifestaram à respeito desse desastre que é o derramamento de óleo.”

ONDE ESTÁ O PESSOAL QUE VIVEM “DEFENDENDO O MEIO AMBIENTE”?

ONDE ESTÁ O PESSOAL QUE VIVEM “DEFENDENDO O MEIO AMBIENTE”?Para a Amazônia tem sínodo, tem Papa, tem ativista, tem “lacradores”. Mas para um crime ambiental REAL no Nordeste NADA!

Publiée par DireitaConservador sur Vendredi 11 octobre 2019