No período de menos de 1 ano, dois eventos demonstraram aquilo que muitos já suspeitavam: a possibilidade do PT estar envolvido com facções criminosas. 

  Em abril deste ano, durante conversa telefônica interceptada pela PF(Polícia Federal), uma das lideranças do PCC afirmou categoricamente que o PT mantinha um “diálogo cabuloso” com a facção criminosa de São Paulo. 

  Não bastando esse ocorrido, em Agosto deste mesmo ano, a Polícia descobriu conversas comprometedoras no celular de uma outra liderança do PCC as quais ligavam a facção criminosa ao Partido dos “Trabalhadores”.

  Segundo as mensagens encontradas no celular do criminoso, o PCC estaria financiando advogados ligados ao PT para derrubar uma Portaria do Ministro Moro. 

    Gleisi Hoffmann enlouquece após deputado dizer que o PT tem envolvimento com o PCC

  No decorrer desta semana, durante votação na Câmara, o deputado Jose Medeiros comentou as notícias do envolvimento petista com o PCC — a maior organização criminosa do Brasil. Isso foi o bastante para Gleisi Hoffmann, presidente do PT, enlouquecer de raiva. 

  Usando os velhos chavões de sempre, ignorando as provas, a petista acusou o Governo Bolsonaro de espalhar fake news contra o PT.   

  A pergunta que fica no ar é: Será que é possível criar fake news contra o PT pior que as notícias verdadeiras? Eu, particulamente, acho que não.