Após a matéria onde mostra um depoimento falso do porteiro do prédio no Rio onde mora Bolsonaro, ligando o presidente a morte da vereadora Mariele Franco, grupos de extrema-esquerda estão convocando protestos contra Chefe de Estado.

Os movimentos Brasil Popular e Povo Sem Medo estão convocando cidadãos para irem se manifestar nas ruas na próxima quinta-feira (05), contra o mandatário brasileiro. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a protesto terá as palavras de ordem “Basta de Bolsonaro” e “Justiça para Mariele”.

A divulgação para o ato começou a ser feita nesta quarta-feira (30), no mesmo dia em que a procuradora Simone Sibilio afirmou que o porteiro mentiu em depoimento em afirmar que um dos suspeitos do crime pediu para ir até a casa de Bolsonaro.