Na última quarta-feira (06), o ministro do Superior Tribunal Federal, Marco Aurélio de Melo, durante uma sessão na Suprema Corte, interrompeu e repreendeu uma advogada por chamar ele e os demais ministros de “vocês”.

“Presidente, novamente, advogado se dirige aos integrantes do tribunal como ‘vocês’? Há de se observar a liturgia. E é uma doutora, professora.” afirmou o ministro

A advogada, visivelmente nervosa e constrangida, após a fala do ministro, desculpou-se e o chamou de “vossa excelência”.

“Eu peço excusas. Peço desculpa a vossa excelência. Talvez pelo nervosismo. Vossa excelência tem toda a razão. Peço desculpas, é o que eu posso fazer no momento.” disse a advogada