O ministro da justiça e segurança pública do Governo Bolsonaro, o ex-magistrado Sergio Moro, parece não estar disposto a entrar no ‘joguinho’ feito por Lula, em tentar rivalizar com o juiz. Neste sábado (09), através de suas redes sociais, Moro retrucou ofensas realizadas pelo ex-presidente petista. Sem citá-lo, o ministro afirmou que não dialoga com criminosos.

 “Aos que me pedem respostas a ofensas, esclareço: não respondo a criminosos, presos ou soltos. Algumas pessoas só merecem ser ignoradas” escreveu Moro

Lula deixou a prisão na última sexta-feira (09), e em discurso para sua militância, proferiu ataques contra Moro, Bolsonaro, Lava Jato, Dellagnol, e até mesmo – acredite se quiser – a Globo.