O treinador Renato Gaúcho confirmou nesta sexta-feira que fez um convite ao Presidente Bolsonaro para assistir ao jogo entre Palmeiras e Grêmio no dia 24 de Novembro.

  Ontem(14), durante live feita no Facebook, o Presidente revelou ter sido convidado pelo técnico gaúcho para partida. 

 “Eu mandei um vídeo para ele na última segunda-feira (11). Ele me ligou e eu não vi, depois me retornou na terça-feira. Conversei um pouco com ele e convidei para assistir ao jogo. Ele falou que iria fazer o possível, mas que neste dia de repente estaria com a agenda muito cheia. Fiquei muito feliz por ele ter retornado minha ligação. Ele é o presidente do Brasil, não é torcedor do Palmeiras, do Flamengo, do Botafogo, do Grêmio. Ele é o presidente do Brasil, tem uma bandeira só, que é a bandeira do Brasil” — contou o treinador.

  Segundo o próprio Renato, além de ter feito o convite, também elogiou o trabalho do Jair Bolsonaro e do Ministro Sérgio Moro. 

 “Aproveitei e parabenizei ele pelo trabalho que vem fazendo. Dele e do doutor Sergio Moro,  da equipe toda dele. Muita gente pode achar que não, mas ele está fazendo um excelente trabalho. Ele vai dar jeito no Brasil, ele vai mudar o Brasil. Não sou advogado dele, mas sou um cidadão brasileiro que pago meus impostos, e vou sempre torcer pelo sucesso dele. E tenho certeza, se tem uma pessoa que vai mudar o país, é o Bolsonaro” — revelou. 

O técnico ainda revelou o desejo de poder abraçar o Presidente, o que considera ser uma honra:

 “Eu gosto muito dele, das maneiras, das atitudes dele. Está sempre nos jogos. Ele é do povo, quanto mais próximo do povo, eu gosto dessa atitude. Não porque é o Bolsonaro, podia ser outro presidente, eu gosto desse tipo de atitude”.