A ex-senadora e atualmente deputada federal e presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, declarou que irá batalhar para colocar o condenado por lavagem de dinheiro e corrupção, Luis Inácio Lula da Silva, de volta para a presidência da República. Além disso, Gleisi também afirmou que ira lutar para que o ministro da justiça e segurança pública, Sergio Moro, vá preso.

“Lula foi liberado mas não é a liberdade plena que nós queríamos. Nós queremos a anulação da sentença de Moro. Aliás, queremos a prisão de Sergio Moro pelas barbaridades ele que praticou. Portanto, a lula de Lula Livre continua” declarou a deputada

Hoffmann ainda disse que, apesar do condenado Lula estar solto, os comitês que carregam o nome “Lula Livre” serão mantidos.

“Essa bandeira continua como prioridade. Queremos Lula percorrendo o Brasil. Queremos Lula presidente da República novamente” disse ela

Com a informação: Congresso em Foco