Pelo que parece, o Presidente Bolsonaro tem razão novamente. Em meados deste ano, ele levantou suspeitas sobre o envolvimento de ONG’s nos incêndios que andavam assolando a Amazônia. 

  Nesta terça-feira(26), cerca de 4 membros da ONG Brigada de incêndio de Alter foram presos por suspeitas de envolvimento em incêndios criminosos em Santarém-Pará.

  As prisões foram executadas pela Polícia Civil do Estado do Pará, no âmbito da “Operação Fogo do Sairé”. 

  Não obstante, um fato chamou muito atenção nesse caso. Segundo a Polícia, o ator Leonardo DiCaprio doou cerca de 500 mil dólares para combater os incêndios na floresta amazônica. Porém, em torno de 300 mil dólares deste dinheiro teria sido embolsado pelos brigadistas, os quais teriam falsificado notas fiscais. 

Assista ao vídeo: