Em vídeo publicado nas suas redes sociais na última segunda-feira (25), o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, recebeu a visita de três moças venezuelanas que deixaram seu país natal por conta da crise humanitária que assola a região.

Hang, aproveitou para a ocasião para que elas relatassem como é viver em um país socialista, para que possam conscientizar o máximo de pessoas que ainda acreditam em partidos de esquerda que possuem o desejo de transformar o brasil em uma Venezuela.

“Não tem emprego na Venezuela, não tem comida, não tem medicamentos. É esse o país que o PT quer, que a esquerda quer.” disse Luciano Hang

Você ainda tem dúvidas da destruição que o comunismo causa em um país? Dê um play neste vídeo e ouça de três venezuelanas o caos que anda por lá. Elas se refugiaram no Brasil em busca de emprego. Chegaram a morar nas ruas em Roraima. As famílias continuam lá, sofrendo nas mãos do Maduro. Elas vieram para Brusque em busca de uma melhor oportunidade de vida e com sorte podemos ajudar: conseguimos empregar as três aqui na Havan. Já temos outros venezuelanos trabalhando aqui. Nessas horas eu vejo do que o Brasil se livrou. Se o PT tivesse permanecido no poder, estaríamos mendigando ou fugindo para outros países.

Publiée par Luciano Hang sur Lundi 25 novembre 2019

Por fim, Hang destaque já possui funcionários venezuelanos em seu quadro de funcionários e que irá empregar as três mulheres que estavam na busca por uma trabalho.

Ademais, no fim do vídeo as moças contam mais sobre como é viver na Venezuela, e Hang afirma:

“Isso é o comunismo. Viva o nosso Brasil!”