O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho politico mais jovem do presidente da República, afirmou à revista Época fazer um tour pelos quatro cantos do Brasil,  ‘fazendo um trabalho de formiguinha, pregando o conservadorismo e defendendo o governo’, de acordo com ele.

Eduardo, que não teria idade ainda para se candidatar a presidência no ano de 2026 – onde possivelmente terminará o mandato do presidente Jair – já pensa na possibilidade de se candidatar ao cargo máximo da República em 2030, quando já terá idade para disputar o pleito.

“Não sou candidato a nada, eu só poderia me candidatar a presidente em 2030. Aqui não é terra de Evo Morales. Não vou herdar o governo. Vou herdar o Brasil de meu pai.” afirmou ele