O senador Flavio Bolsonaro, filho mais velho do presidente da República, nesta terça-feira (03), através de suas redes sociais desmentiu uma matéria escrita pelo colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, onde ele afirma que o senador teria comparecido ao Rock In Rio desse ano. A informação vem em uma matéria feita para tecer críticas ao presidente da Funarte, Dante Mantovani.

Em vídeo, o presidente da Funarte afirmou que o rock levaria a práticas como ao do aborto e ao satanismo. A afirmação ganhou grande repercussão na última segunda-feira (02), fato que levou Ancelmo a comentar.

“Será que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) sabe disso? Flávio Bolsonaro foi visto na última edição do Rock in Rio. Afinal, o pai do senador nomeou para a Funarte um olavista, Dante Mantovani, que andou dizendo que o “rock ativa aborto, satanismo e drogas” – escreveu o colunista

Flavio, contudo, foi até suas redes sociais e desmentiu a afirmação de Ancelmo.

“Não fui ao Rock in Rio, canalha! Se você quer xingar alguém por não concordar com suas posições, pelo menos tenha vergonha na cara e não use meu nome” disse Flavio