Em pronunciamento a alguns prefeitos de cidades brasileiros, o chefe do poder executivo, Jair Bolsonaro, declarou nesta na última quinta-feira (12), que se pegar algum ministro metido em corrupção em seu governo, o colocará em um “pau de arara”.

No evento de inauguração de crédito para o início de obras estaduais, Bolsonaro reconheceu, entretanto, que é capaz que irregularidades sejam feitas no governo federal sem que isso chegue até o seu conhecimento, porém destacou que situações descobertas não serão admitidas.

“O Brasil está mudando, pode ser que haja corrupção. Onde há desgoverno pode ser que haja corrupção. Se aparecer, boto no pau de arara o ministro, se tiver responsabilidade, obviamente”, afirmou o presidente