O deputado federal Otoni de Paula, um dos mais parlamentares mais fies ao presidente Jair Bolsonaro – Apesar de ser de outro partido – apresentou um ofício à Procuradoria-Geral da República (PGR), contra o especial de Natal dos Porta dos Fundos, que escarnece da religião cristã.

Ele solicitou que seja proibida a exibição do filme, que zomba de Jesus e o apresenta como um homossexual que se relaciona com Satanás.

“Porta dos Fundos, por sua vez, viola toda a legislação pertinente ao perverter o sentido da consciência cristã, da fé e da crença religiosa. Parecendo contar com a impunidade. A fé cristã foi ultrajada pelo Porta dos Fundos e Netflix em nível jamais imaginável. O recurso da TV a cabo e a dinâmica do canal Netflix ampliam a propagação do escárnio criminoso.” argumentou ele