Na Inglaterra, um caso bastante estranho vem chamando a atenção da população local. Uma mulher de 21 anos foi detida após fingir ser um adolescentes de 16 anos. De acordo com as autoridades, a jovem afirmava ser um menino para atrair meninas mais jovens, afim de abusa-las.

Tudo acontecia através das redes sociais, e a criminosa foi identificada como Gemma Watts. No entanto, ela usava um nome masculino na web, Jake Waton.

A mulher tirava fotos escondendo o cabelo e usando chapéis com o objetivo de esconder o cabelo e enganar as vítimas. Mais de cinquenta meninas podem ter sido ludibriados pela mulher, acredita a polícia. Gemma realmente conseguia se passar por um rapaz, tanto que, em alguns casos, foi até apresentada para os pais de algumas meninas, que, ingenuamente, acreditavam que a filha teria arranjado um namorado.

A farsa acabou sendo descoberta pela polícia após um médico ter feito uma denúncia contra Gemma, por ela ter se relacionado sexualmente com uma das suas pacientes. Em novembro, ela chegou a confessar que é culpada por agressão sexual. Na última semana, ela foi condenado a cumprir oito anos de cadeia.
Com a informação: Pleno News