O filósofo britânico Roger Scruton, uma das maiores mentes do conservadorismo, morreu neste domingo(12), aos 75 anos. A informação foi divulgada pela sua família por meio de um comunicado: 

É com muita tristeza que anunciamos a morte de Sir Roger Scruton, FBA, FRSL. Amado marido de Sophie, pai adorado de Sam e Lucy e irmão estimado de Elizabeth e Andrea, ele morreu pacificamente em Domingo, 12 de janeiro.

Ele nasceu em 27 de fevereiro de 1944 e lutava contra o câncer nos últimos seis meses. Sua família está muito orgulhosa dele e de todas as suas conquistas“.

  Scruton, pensador conservador mais celebrado da atualidade, é autor de cerca de 50 livros sobre estética, moral e política, como “O que É Conservadorismo” (É Realizações), “Como Ser um Conservador”, “A Alma do Mundo” e “Tolos, Fraudes e Militantes” (Record).