O deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) apresentou um projeto de legislação que garante aos detentos que trabalham em presídios, o pagamento de pelo menos um salário mínimo ao mês.

  Braga propõe a alteração dos artigos 28 e 29 da Lei de Execução Penal, que dizem que os presos não terão relações de trabalho subordinadas à CLT e que o pagamento mínimo aos detentos não pode ser inferior a 3/4 do salário mínimo.

  Para justificar sua proposta, cita o Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias, que afirma que até novembro de 2016, 75% dos presos com atividades laborais recebiam menos de 3/4 do salário mínimo ou não tinham nenhuma compensação financeira.

  Glauber Braga é o deputado federal que anda por aí chamando o Ministro Sérgio Moro de ladrão e capanga de milícias. É aquela velha máxima esquerdista: “Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é”. 

Fonte: O Globo