O criminoso José Dirceu, condenado por corrupção e lavagem dinheiro, afirmou em sua coluna no jornal Metrópole (é… esse sujeito tem uma coluna em um jornal) que “estamos, novamente, sob a ameaça de uma ditadura militar”. 

  Para chegar a essa conclusão; o criminoso citou o assassinato de Marielle Franco, a morte do miliciano Adriano da Nóbrega e a militarização do Governo Bolsonaro.