Junior Durski, empresário dono dos restaurantes Madero, e apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro, foi até suas redes sociais para comentar novamente a respeito da pandemia do coronavírus. Na última terça-feira (23), seu ganhou grande repercussão nas redes sociais após sua fala sobre o coronavírus.

Já nesta quarta-feira (24), o empresário paranaense gravo um novo vídeo pedindo desculpas e afirmando que foi “mal interpretado”.

“Me desculpem se alguém me interpretou mal. Nunca vou menosprezar uma vida sequer. […] Vou fazer de tudo para ajudar todas as pessoas e vou sempre apoiar todas as ações, mas não podemos ser desproporcionais e não podemos não pensar nas consequências econômicas” afirmou ele

Ele, entretanto, fortaleceu que compreende que as ações que vem sendo praticadas, como o isolamento, estão sendo “desproporcionais”, na opinião dele.

“Em Curitiba, fechou um hospital de otorrinolaringologia porque diz que não é essencial para as pessoas. Se alguém tiver uma inflamação na garganta vai ter problemas. […] Não faz sentido fechar feiras públicas de frutas e verduras. […] As pessoas que podem comer têm que comprar no supermercado e não na feira, mas o supermercado tem muito mais gente do que na feira. No supermercado não é arejado, na feira é arejada, estaria muito mais seguro. […] E não pensaram nos feirantes. São milhares de pessoas que quebraram porque fecharam” disse