Em entrevista cedida à Folha de S. Paulo, a jornalista Rachel Sheherazade, ex-queridinha da Direita, atualmente odiada, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro não chegará ao final do mandato. 

Minhas perspectivas são as mais sombrias. Eu já previa o que iria acontecer num governo de extrema direita antes da eleição do atual presidente. Tenho minhas dúvidas se esse governo chegará até 2022” — disse.

  Ela ainda afirmou, sem mostrar provas, que anda sendo ameaçada de morte juntamente com seus filhos. 

  “Minhas opiniões voltaram a incomodar os detentores do poder e passei a ser ameaçada de todas as formas. Recomeçaram as ameaças de morte contra mim e meus filho”.